TORRE COM UM NOVO ESPAÇO DEDICADO AOS PASTORES DA SERRA DA ESTRELA

TORRE COM UM NOVO ESPAÇO DEDICADO AOS PASTORES DA SERRA DA ESTRELA

Nasceu no ponto mais alto de Portugal Continental, a Torre da Serra da Estrela, um novo espaço dedicado aos pastores e ao produto do seu trabalho: a lã e o leite das ovelhas Bordaleiras.

A sustentabilidade da atividade pastorícia e a economia circular são os motes deste projeto.

O exterior do espaço é inspirado nos bardos, as cercas que normalmente acolhem as ovelhas no campo.

O interior é compartimentando em três, evidenciando dois dos ciclos que protagoniza a raça Bordaleira da Serra da Estrela: o da lã e o do queijo.

No espaço, serão colocadas à venda almofadas feitas de 100% de Lã Bordaleira, Queijo Serra da Estrela DOP e o pastel de bacalhau com Queijo Serra da Estrela DOP.

Este projeto consiste numa forma de apoiar o trabalho dos pastores da Serra da Estrela e assegurar a continuidade da profissão e da raça da ovelha Bordaleira, contribuindo para o desenvolvimento da economia local e para a sustentabilidade social do território.

De 275.000 ovelhas desta raça existentes nos anos 80 do séc. XX, há atualmente pouco mais de 23.000. A diminuição deste número é uma consequência do abandono progressivo da profissão de pastor, pela falta de apoios e pela subvalorização do potencial produtivo desta raça exclusiva da Serra da Estrela, pelo que garantir a sua existência se torna uma necessidade ainda mais urgente.

O novo espaço é uma iniciativa do grupo O Valor do Tempo, grupo com origem em Seia, na Serra da Estrela, e conta com a colaboração e apoio da ANCOSE (Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela), da ESTRELACOOP (Cooperativa de Produtores de Queijo Serra da Estrela), e da AASE (Associação de Artesãos da Serra da Estrela).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *