Cultura

Regressam os espectáculos ao TMG

A partir de 18 de setembro, os espetáculos regressam ao auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG).

Regressam os espectáculos ao TMG

Devido à pandemia de Covid-19, a agenda foi suspensa desde março e, agora, o TMG avança com a programação para os meses de setembro e outubro.

Tendo em conta as medidas a adoptar devido ao Coronavírus, o número de atividades é menor e cumprindo, sempre, as regras impostas pela DGS.
Em relação à lotação, os auditórios e o Café Concerto terão uma redução de 50% de ocupação, por forma a garantir o distanciamento físico do público que assiste aos espetáculos.

No que à agenda diz respeito, são então destaque desta nova programação cinco estreias de espetáculos de teatro e dança: “Alma” de Tiago Correia pela Companhia A Turma no dia 18 de setembro; “Amadis no Paraíso”, a nova criação do Aquilo Teatro, no dia 3 de outubro; “Querer-se morrer confortavelmente na dor” da Terceira Pessoa no dia 8 de outubro; “Assim nasce uma P.E.Ç.A”, encomenda do 15º aniversário do TMG ao Kayzer Ballet no dia 17 de outubro; e o espetáculo “Livro: Poema-Livre” de Sara Vaz e Marco Balesteros no dia 24 de outubro.

A abrir esta agenda vai estar: a Orquestra Académica Filarmónica Portuguesa que marcará o regresso dos espetáculos ao TMG, no dia 18 de setembro. A Orquestra, dirigida pelo maestro Osvaldo Ferreira, vai apresentar duas obras: Concerto em Lá Menor, OP.102 de Johannes Brahms e a Terceira Sinfonia de Felix Mendelssohn.

Quanto aos espetáculos que ficaram suspensos e que já estavam esgotados, nomeadamente, Salvador Sobral, Resistência, First Breath After Coma e as duas apresentações do bailado Quebra-Nozes serão reagendados em data a anunciar.

Link com a agenda completa:
http://conteudos.mun-guarda.pt/conteudos/PublishingImages/Noticias/Agenda_TMG_2020__set__out_web.pdf

Redação Viva Serra

Entre em contato com a redação do Viva Serra | jornalismo@redevivacidade.com