Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Almeida

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica em Almeida

Um homem de 39 anos, foi detido por suspeita de exercer violência psicológica e ameaças contra a companheira, no concelho de Almeida, ficando sujeito a pulseira eletrónica.

Segundo o Comando Territorial da GNR da Guarda o homem foi detido, na passada quinta-feira, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE).

«No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito exercia violência psicológica e ameaças contra a vítima, sua companheira, de 35 anos» pode ler-se no comunicado enviado.

O sujeito foi presente ao Tribunal Judicial de Almeida onde ficou sujeito às medidas de coação de proibição de se aproximar a menos de três quilómetros, sendo esta distância controlada por pulseira eletrónica e proibição de contactos com a vítima, por qualquer forma ou meio.

O detido está também proibido de permanecer no concelho de residência da vítima e deve-se apresentar de duas em duas semanas no posto policial da sua área de residência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *