José Albano Marques é o candidato do PS à Câmara de Celorico da Beira

José Albano Marques é o candidato do PS à Câmara de Celorico da Beira

O vereador José Albano Marques, de 48 anos, volta a ser o candidato do PS à presidência da Câmara de Celorico da Beira, no distrito da Guarda, para tentar recuperar a liderança da autarquia presidida pelo PSD.

José Albano Marques, técnico superior de Serviço Social, antigo diretor do Centro Distrital de Segurança Social da Guarda, que já foi presidente da Federação Distrital Socialista e deputado na Assembleia da República, disse à agência Lusa que decidiu voltar a ser cabeça de lista pelo PS, “acima de tudo”, por “razões afetivas”.

“Não pude recusar o convite que muitos cidadãos independentes, bem como a própria comissão política concelhia do PS me fizeram para voltar a dar esta oportunidade aos celoricenses. Sinto-me motivado e reconheço que a minha experiência, a minha proximidade ao eleitorado e o facto de ser resiliente, não me permitem baixar os braços quando está em jogo o futuro da minha terra”, disse o atual vereador socialista.

Segundo o candidato, a razão principal da candidatura, que tem como lema “Unidos Por Celorico”, é “o amor” à terra e “a vontade de construir um futuro melhor” para os atuais residentes e para as futuras gerações.

José Albano Marques diz que os celoricenses “precisam de voltar a acreditar, precisam de ter esperança” e “têm o dever de ajudar a decidir o futuro” do concelho.

“Chegou a hora de travar a saída dos poucos jovens que ainda temos no nosso concelho. Chegou a hora de batermos o pé e exigirmos ser ouvidos como cidadãos desta terra nas questões essenciais e fundamentais para o nosso desenvolvimento”, afirma.

O socialista, que é candidato pela segunda vez consecutiva, pretende vencer as eleições “pelos celoricenses e com os celoricenses”, alegando que o município “precisa de mudar e precisa acima de tudo de voltar a acreditar”.

“As oportunidades estão criadas. Celorico [da Beira] tem de manter e reforçar as suas qualidades que foi granjeando ao longo dos tempos, tal como o título da capital do queijo Serra da Estrela, Capital do Parapente, o aproveitamento do rio Mondego que atravessa o nosso concelho e na criação de desportos radicais e de aventura na nossa serra”, defende.

Criar condições para que as novas gerações se fixem na terra, potenciar a localização privilegiada de Celorico da Beira “atraindo novos investidores, com vista à criação de emprego e ao desenvolvimento turístico do concelho” e “construir uma imagem sólida e identificar parceiros estratégicos” que permitam ao município “recuperar um lugar de destaque na região”, são algumas das apostas do socialista.

Apostar na dinamização e no apoio ao empreendedorismo, dinamizar a agricultura e “reorganizar e intensificar a proximidade às populações mais desfavorecidas, dando um novo impulso criativo à ação social”, são outros dos propósitos de José Albano Marques.

No município de Celorico da Beira, presidido pelo social-democrata Carlos Ascensão, o PSD tem dois eleitos, o PS outros dois e o movimento independente Pela Nossa Terra tem um elemento.

As eleições autárquicas estão marcadas para 26 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *