ensino superior

UBI e IPG adaptam-se para retoma das aulas

Ensino será presencial, mas com restrições e parte das aulas pela internet.

UBI e IPG adaptam-se para retoma das aulas

Uso de máscara, distanciamento social, aulas híbridas, uma parte dos alunos em sala de aula e outra em casa, através de aulas online. É assim que as duas instituições de Ensino Superior da região das Beiras e Serra da Estrela preparam a retoma das aulas a partir deste mês.

Em março, as instituições encerraram as atividades presenciais devido à pandemia da Covid-19 e só retornaram no final de maio e começo de junho, para frequências e trabalhos finais. Agora, a Universidade da Beira Interior e o Instituto Politécnico da Guarda vão retomar com atividades presenciais desde o início, mas com uma série de restrições.

UBI

Na Covilhã, as aulas na UBI retomarão em dois momentos distintos: alunos do primeiro ano da licenciatura e mestrado integrado começarão apenas no dia 6 de outubro, enquanto os demais iniciam dia 21 de setembro.

As aulas teóricas e teórico-práticas poderão ser feitas em três sistemas. Quando o número de alunos da turma permitir o distanciamento social entre eles, as aulas podem ser integralmente presenciais. Quando não for, os professores podem optar pelos sistemas presencial-híbrido ou presencial por grupos.

No Presencial-híbrido, metade dos alunos têm aulas presenciais e a outra assiste às aulas por transmissão online síncrona. Os turnos mudam a cada 15 dias para entre os que estudam presencialmente e os que estudam à distância. Alunos estrangeiros que estão fora do país e aqueles com atestado médico podem assistir, sempre, online.

A outra opção é fazer presencial por grupos, caso as atividades o permitam, dividindo a turma em vários grupos e em salas diferentes. A UBI, também, alargou o horário de funcionamento e algumas turmas terão aulas entre as 16h e 20h, medidas para evitar aglomerações.

Todos os detalhes do funcionamento das aulas estão disponíveis no site da UBI.

IPG

Na Guarda,o Vice-Presidente do IPG, Professor Doutor Manuel Salgado, explica que as novas estratégias e planificações sairão em tempo oportuno. Porém, já foi confirmado que:

  • As aulas começam para todos os anos de ensino no dia 12 de outubro;
  • As aulas serão em sistema híbrido, portanto, presenciais para todos os alunos. Com exceção de que em alguns momentos terão de fazer metade presencial, metade em casa. Isto devido ao número de alunos por turma.

Redação Viva Serra

Entre em contato com a redação do Viva Serra | jornalismo@redevivacidade.com