EB2 DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO VENCE DESAFIO ESCOLA MISSÃO CONTINENTE

EB2 DE FIGUEIRA DE CASTELO RODRIGO VENCE DESAFIO ESCOLA MISSÃO CONTINENTE

A EB2 de Figueira de Castelo Rodrigo, ficou em 1.º lugar no Grande Desafio anual do Programa Escola Missão Continente, no escalão 5.º e 6.º ano, com um prémio de 1.000€ em material lúdico-pedagógico e/ou desportivo, entre 665 escolas.

A fechar o pódio ficaram a EB General Serpa Pinto, de Cinfães, e a EB do Prado, de Vila Verde, foram as escolas que ficaram em 2.º e 3.º lugar.

O desafio lançado às turmas participantes no programa era serem verdadeiras solucionadoras de um problema identificado no seu ambiente de proximidade, com base num dos três principais pilares temáticos da Escola Missão Continente, alimentação saudável, consumo consciente e estilo de vida ativo.

A turma do 5.º A e B da EB2 de Figueira de Castelo Rodrigo desenvolveram o projeto “Mais olhos que barriga!”, com diversas atividades para diminuir em 10% o número de alunos que tem o IMC acima do normal para a sua idade e aumentar em 10% o número de alunos que traz lanches saudáveis, nas turmas dos 3.º aos 6.º anos.

O problema foi definido através de questionários e observação do que era servido na cantina.

Os alunos mediram, pesaram e calcularam o IMC dos alunos do 3º ao 6º ano e concluíram que 42% dos alunos tem excesso de peso.

Foi organizada uma caminhada e construíram cartazes que afixaram na escola, aprenderam e ensinaram a outras turmas o Semáforo Nutricional.

O evento que marcou o final do programa Escola Missão Continente 2021/22 realizou-se em Lisboa, com a presença dos embaixadores do programa Jéssica Silva, Filipa Gomes e Francisco Garcia.

As escolas finalistas apresentaram os projetos finais aos elementos do júri: Rita Barrocas, da Missão Continente, Helena Gil da Direção Geral de Educação, Joana Baleia, do CEIDSS (Centro de Estudos e Investigação em Dinâmicas Sociais e Saúde), Rui Mascarenhas, da Federação Portuguesa de Futebol, Nathalie Ballan, da Sair da Casca e André Mateus, da MOSSA.

Foram avaliados em função dos conteúdos, envolvimento das crianças, originalidade, criatividade, multidisciplinaridade e apresentação.

Foi também avaliada a passagem de conhecimento aos encarregados de educação, privilegiando o forte envolvimento dos alunos no desenvolvimento dos trabalhos.

Esta 6.ª edição do programa Escola Missão Continente, que já abrangia o 1º CEB desde 2016, foi alargado ao Pré-Escolar e ao 2º CEB.

Do 1º CEB inscreveram-se um total de 557 escolas (57.232 alunos), mais 28% em comparação com o ano passado, o Pré-escolar ficou representado por 109 escolas (4.365 alunos), e do 2º CEB participam 56 escolas (9.107 alunos). 

O Programa Educativo do Continente pretende impactar alunos, professores, pais e toda a comunidade escolar, sensibilizando os mais novos para uma alimentação e estilos de vida saudáveis e educação para o consumo consciente e sustentável.

Ao longo do ano letivo proporciona conteúdos, atividades educativas, desafios (com prémios associados), materiais lúdicos pedagógicos e visitas no terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.