Cultura

Criptojudaísmo de Belmonte é uma das 7 maravilhas da Cultura Popular

A final do concurso 7 Maravilhas da Cultura Popular da RTP resultou na eleição do Criptojudaísmo de Belmonte como um dos vencedores.

Criptojudaísmo de Belmonte é uma das 7 maravilhas da Cultura Popular

O Criptojudaísmo de Belmonte é, agora, património cultural imaterial.

A candidatura de Belmonte estava inserida na categoria Rituais e Costumes, e segundo a organização eram consideradas “práticas consagradas por tradições ou normas que são observadas de forma invariável em certas cerimónias de cariz popular, religiosas ou profano.”

A Feira de São Tiago da Covilhã, outra candidatura beirã presente na final, acabou por não ficar na lista de vencedores.

O Criptojudaísmo foi eleito juntamente com o Colete Encarnado de Vila Franca de Xira, a festa de Nossa Senhora dos Remédios de Lamego, o Bailinho da Madeira, Os Santeiros de São Mamede do Coronado da Trofa, a romaria de São João D’ Arga de Caminha e a romaria de São Bartolomeu de Ponte da Barca.

Redação Viva Serra

Entre em contato com a redação do Viva Serra | jornalismo@redevivacidade.com